quarta-feira, 2 de março de 2011

Reencontro




Não importa o lugar, não importa dia e hora.
Dia chegará que os olhares se tocarão
e num instante infinitesimal
dois espíritos se verão completamente inebriados
pelo reconhecimento súbito de um amor antigo...
e no reconhecimento desse amor,
seus espíritos se reconhecerão
na inebriante experiência do amor.
se tocarão como o vento,
superando as incertezas do mundo...

(Autor desconhecido)

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Um dia, talvez, eu entenda essa poesia!

    ResponderExcluir